cabecalhoRC.jpg

Notícias

Dia mundial de luta contra a Aids

 

O dia 1º de dezembro faz parte do calendário de diversos países, inclusive no Brasil, como um dia de combate à aids desde o final dos anos 80. Com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) o dia foi instituído visando despertar a necessidade de prevenção, bem como para promover o entendimento sobre a epidemia e incentivar a sociedade e os governos a refletirem sobre ela.


Nesse dia, milhares de pessoas ao redor do mundo participam de campanhas com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de prevenção e adoção de comportamento seguro e também desconstruir o preconceito em relação às pessoas infectadas pelo vírus. Um dos símbolos de solidariedade e de comprometimento na luta contra o HIV-Aids é o laço vermelho usado na campanha. O projeto do laço vermelho foi criado em 1991, por um grupo de profissionais de arte de Nova York (EUA), para homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo por causa da doença.


Mesmo com avanços nos tratamentos e maior disponibilidade de diagnósticos pelo acesso aos exames na rede pública, a doença não está controlada e continua fazendo vítimas, principalmente e entre a população mais jovem e vulnerável.

 

HIV é a sigla em inglês do Vírus da Imunodeficiência Humana causador da aids, que ataca o sistema imunológico, responsável por defender nosso organismo de doenças. As pessoas soropositivas são aquelas portadoras do vírus que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Entretanto, essas pessoas podem transmitir o vírus a outras por meio de relações sexuais desprotegidas, compartilhando seringas
contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por essa razão, é muito importante fazer o teste e se proteger em todas as situações. Desde o início da epidemia, 757.042 casos de aids foram registrados e o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais estima aproximadamente 734 mil pessoas vivendo com HIV/Aids no Brasil em 2014. No mesmo período foram registrados 278 306 óbitos que tiveram a aids como causa básica.


1º de dezembro
Dia Mundial de luta contra a Aids